domingo, 17 de fevereiro de 2008

ADEUS
Nesta sua e prolongada estadia em Angola, a Patrícia a poucos dias de regressar ao Porto sofreu um acidente de automóvel e não resistiu aos ferimentos.
A todos que por aqui passaram o meu e dela obrigado.
Rita

24 comentários:

Anónimo disse...

Pesames à familia

Pedro Mascarenhas disse...

afinal esta ausência deu-se ao facto de ela ter ido para Angola.

lamentavel perda...

Anónimo disse...

Depois de tanto tempo a aguardar novas "fodas" chega esta noticia tão triste que pôe fim a este blog.
Fico muito triste!
"até sempre Patrícia"

Anónimo disse...

Também contaram esta história no blog da Maria...

Anónimo disse...

Vou bater uma punheta em sua memória...

antónio pedro disse...

a miúda era do Porto carago ? porque não a conheci...

Anónimo disse...

Quem acompanhava o blog da Patrícia, sabe perfeitamente que ela era de Lisboa. Portanto, esta história não é verídica. Por qualquer razão, ela deixou de actualizar o blog. Seria bom que a Patrícia, por uma única vez, esclarecesse esta história. Até para deixar descansados quem a admira.

carlos disse...

Pois eu posso garantir que a Patrícia era do Porto. vai -me deixar muitas saudades.

Era, para além de tudo, uma grande amiga que muito me ajudou numa fase dificil da minha vida.

Até sempre querida.

Amigo disse...

Será mesmo verdade?

Anónimo disse...

Não tenho razões para duvidar...
Ninguém de bom gosto, segura de si e decidida, como a Patricia mostrava ser, inventaria esta história para fechar este Bolg. Fechava-o e pronto.

Todos os que a acompanhavam nesta aventura irão garantir que, de alguma maneira, ela cá irá continuar.

Até sempre.

Ass.Falcão

carlos Oliveira disse...

Aquele casamento da Rita ficará sempre na minha memória. Não sá pela Patrícia, mas também pelo Jorge.

A Rita não fez refer~encia, mas também ele ía naquele maldito automóvel.

Aos meu dois amigos queridos, não dou um adeus, mas um até um destes dias.

Amo-vos, estejam onde estiverem.

Anónimo disse...

Ainda estou em choque com tudo o que aconteceu.

Nunca mais vou ver a minha querida Patrícia.

nunca mais me vou esquecer no dia em que nos conhecemos naquele quarto de banho.

Para ti, o meu amor eterno.

Anónimo disse...

O que é bom acaba depressa.

até sempre

Amigo disse...

Paz à sua alma! Estou em choque! Não a conhecia pessoalmente, mas foi durante alguns meses uma companhia diária. Fica na minha memória as mensagens que troquei com ela, fica na minha memória as fotografias de uma mulher bonita e sensual, fica na minha memória... para sempre!! Quis o destino levar-te tão nova e, quando assim é, custa mais. ADEUS, QUERIDA PATRÍCIA!!

Marta Fernandes disse...

Confesso que à frente das outras pessoas sou um pouco púdica, mas este espaço fazia-me sonhar com coisas que nunca me atrevi a fazer.

Agora perdemos a Patricia. Digo perdemos, pois pelo número de visitas que este espaço tinha e ainda tem, somos uns quantos que aqui vinhamos.

Até sempre linda patricia.

Marta Fernandes disse...

Confesso que à frente das outras pessoas sou um pouco púdica, mas este espaço fazia-me sonhar com coisas que nunca me atrevi a fazer.

Agora perdemos a Patricia. Digo perdemos, pois pelo número de visitas que este espaço tinha e ainda tem, somos uns quantos que aqui vinhamos.

Até sempre linda patricia.

ssss disse...

Conheci este blog ha dois ou tres dias. Comecei a le-lo do mais antigo para o mais recente... agora chego ao ultimo post e vejo isto.

Uma pena.

Anónimo disse...

AHAHAHA, ainda acreditam nisto ?!
Ela/e tem a mania que é fake, e pa não dar o braço a torcer, fingiu que morreu.
Fodasse, tá-me a dar uma vontade de rir, não das patetices incoerentes que ela/e escrevia aqui, mas da vossa estupidez ao ainda acreditarem nisto!
Pensam mesmo que todas as pessoas que ela/e encontravam iam assim, sem mais nem menos foder com ela/e?

A sério bacanos, nem em sonhos que isto é tudo realidade!
Fantasias de alguém sem uma vida, óbvio!

Paz & amor, otários :D
ahahaha, santo deus, que estupidez este blog...

João Prates disse...

para o anónimo de 287282008. Deves ser mesmo um frustado meu. Se este espaço é uma patetice, porque vens aqui esgalhar a punheta ?

Mete o dedo no cú e respeita a memória de quem nós gostamos.

Fode-te e dança.

Anónimo disse...

LOL, por acaso "tropecei" neste blog por acaso numa das minhas inúmeras pesquisas pelo Google, e já que tudo me parecia tão IMPROVÁVEL, comecei a ler de ponta a ponta isto.
Lógico que muito pouco, direi mesmo QUASE NADA coincide aqui.

Tipo, acreditam mesmo que uma rapariga de 'alta sociedade' como ela aparentava ser tinha sexo num táxi, numa ponte, nas escadas da Universidade de Coimbra ( essa mata-me de riso, ahahahahah ), á mesa de jantar COM A FAMÍLIA, num autocarro, no comboio, num celeiro com familiares em baixo deles, e até numa auto-estrada, etc, etc, etc!

Só assim, maior parte das coisas descritas aqui são crime!
E nunca são apanhados.
Acho é giro a maneira como ainda defendem este ser aparentemente com pouca ou nenhuma vida social que se diverte a entreter otários, sim, é a designação perfeita pra vocês, OTÁRIOS, o-t-á-r-i-o-s que se vêm a ler esta peta pegada.
Acreditava mais se esta pessoa me dissesse que era um produtor de hollywood transexual que já comeu o Brad Pitt que neste blog.


Enfim, que se pode fazer?
Nota-se que os frequentes 'punheteiros' deste blog pouco evoluíram desde a idade em que o cérebro era do tamanho de uma ervilha.
É pena, isto até dava uma bela fábula, provavelmente intitulada:

' O grande Livro das Petas '

Parabéns pela imaginação, parece ser a única coisa de jeito/verdadeira neste site.

Adeuzinho \o

Amigo disse...

Sugiro à Rita que passe a moderar os comentários, ou em alternativa, que apague de vez este blog... em memória da Patrícia!

Anónimo disse...

Se é verdade que a Paticia morreu lamento sinceramente do fundo do meu coração.
Mas Patricia para mim tu não mprreste. Se calhar apaixonaste-te e para manter de futuro a tua privacidade fingistes que morreste.Oxalá isto que eu penso seja verdade. Uma miuda como tu com tanto amor à vida não merece morrer.

Rita disse...

Tenho acesso ao interior deste blog, como vocês sabem.

Como temos um imbecil frustrado na vida a deixar aqui comentários parvos, estou, em memória da Patricia a pensar em acabar com o blog.

Exijo respeito.

Emidio Jose disse...

Descanse em Paz...